UMA RALEIGH A CAMINHO, 2


Depois duma agradável viagem até Londres, em que deu para verificar que travões e mudanças funcionam sem problemas, foi preciso desmontar e arrumar tudo numa caixa de cartão gentilmente cedida pela CycleSurgery de Camden. Agora a Raleigh está pronta para atravessar a Mancha de avião.

A TAP facilita, à semelhança do que é prática noutras companhias de aviação, o transporte de uma bicicleta por passageiro. Para além dos habituais 20 quilos incluídos no bilhete de classe turística, pagando mais 35€ por cada percurso, pode levar-se uma bicicleta. Basta que a empacotemos devidamente acondicionada e protegida, a TAP recomenda no site que se torça o guiador e desmonte os pedais.

No caso da Randonnee houve que desmontar também ambas as grades e o espigão do selim, já que se usou uma caixa de cartão duma bicicleta de estrada moderna. Como se pode ver pela foto, deu muito jeito tantas horas a brincar com LEGO na meninice!

Mais fotos à chegada.

Advertisements

2 Respostas to “UMA RALEIGH A CAMINHO, 2”

    • um homem na aldeia Says:

      Se o Miguel quiser pensar numa, posso dar ajuda.
      Ao todo e de vários países já importei, entre novas e rodadas, umas 9 bicicletas. Sempre com resultados garantidos.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: