Arquivo de Monsanto

LISBOA NÃO CICLÁVEL

Posted in cycle of sighns with tags , , , on 24 de Setembro de 2010 by Humberto

Fiquei a saber aqui que a Câmara de Lisboa disponibilizou um mapa semi-interactivo da rede de ciclovias da cidade. Lisboa Ciclável é como foi apelidado. Graficamente apelativo, moderno, com bastante informação e várias formas de a apresentar, faz desta ferramenta uma agradável novidade. E isso por si só já seria notícia.

Para quem como eu se queixa da parca informação, mas ainda mais da quase inexistente discussão sobre os projecto em marcha na cidade, este interface entre a que está lá fora e o que dizem cá dentro, poderia deixar este escriba contente. Mas afinal só me dá razões para ficar ainda mais pessimista.

Serei breve. Comecemos pelo princípio, o nome, Lisboa Ciclável. Mas quem se julga a CML para apelidar de ciclável o que quer que seja? A sério, o que levará alguém, só porque acha que pode, a decretar que existe uma Lisboa ciclável, ou seja a decretar não ciclável o resto da cidade?

Continuo sem perceber como se pode incluir os trilhos de Monsanto no mesmo pacote da ciclovias urbanas? “Vou ali à mercearia da Pimenteira” ou “Que filme está em exibição na Serafina? Acho que vou pedalar até lá…” Ou será que o vereador dos jardins só se preocupa em somar quilómetros?

Por fim -eu disse que seria breve- Benfica. Esta obsessão em espalhar ciclóvias por um bairro onde algumas medidas simples de acalmia de tráfego e redução da velocidade, a par do rigoroso cumprimento do código da estrada no que diz respeito a estacionamento, seriam suficientes para tornar aquele bairro bike friendly. E no entanto eixos estruturantes continuam sem ligação.

É que não se trata só de falta de informação, trata-se de toda uma política para a bicicleta, de forma mais geral, toda uma política de mobilidade, cheia de incongruências, virada de pernas para o ar, desintegrada. Mesmo que servida em mapas catitas.

Anúncios

O CAMINHO DO FILIPE

Posted in cycle to work with tags , , , , on 24 de Julho de 2009 by Humberto

Parece mentira, mas não é. Estas imagens foram feitas pelo Filipe no seu trajecto até à SIC.

Fotogafias FF

PAISAGEM COM PASSAGEM ALTERNATIVA

Posted in cycle to work with tags , , on 24 de Julho de 2009 by Humberto

Ainda se constrói sem respeito por todos os que, ora por imperativo necessário ou por opção, diferem da maioria na sua mobilidade quotidiana.

De qual lado da grade está o perigo?
De qual lado da grade esta a liberdade?

Fotografia FF

%d bloggers like this: