AMORAS MADURAS


Costumo pedalar ali prós lados da casa da Amália e apanhar amoras das silvas que ladeiam a estrada. Silvas altas e espinhosas que dificultam e muito a minúcia necessária para colher as delicadas e maduras pequenas bagas. Para as alcançar, há que enfiar as mãos, às vezes até o braço, pelo meio do arbusto e os pequenos picos ferem-me, o que acaba por dar aos frutos um sabor mais perdurador. De regresso à margem direita do Tejo, essas pequenas feridas lembram-me a bicicleta parada na berma, sobre os ramos secos, folhas e caruma. O atrelado puxado para o lado à sobra, aberto. Lá dentro, o V e a P sentados e felizes. Ele com o chapéu cheio de frutos na mão, donde de dentro vão tirando e partilhando, nos pequeninos dedos, as bagas docemente silvestres. As bocas tingidas de um vermelho arroxeado e os olhos deliciados com o mundo. Por trás destas silvas estendem-se hectares de bagas perfeitas, daquelas que nos chegam ao supermercado em cuvetes de plástico. Mas a estas não lhes falta só os espinhos.

Nunca aconteceu render-me ao BlackBerry. Apesar de achar há muito telefone ideal, com tudo o que se poderia querer ou necessitar. Mas sempre senti que faltava qualquer coisa, talvez os tais espinhos. Demasiado perfeito. E caro, evidentemente. Quando estive mesmo próximo de arriscar e deixar-me convencer pelo seu toque, chegou o iPhone e, como bom pecador que sou, não resisti à maçã. Procuro fugir das influências malignas -e benignas, da publicidade. Pelo menos também eu gosto de pensar que sim. Reconheço que a imagem que um produto transporta para o seu proprietário é uma carga relevante e que pesa na hora de optar. Por muito que não se queira, que se tenha o tal cuidado, que se tente racionalizar, todos estamos expostos a doses massivas de propaganda, cientificamente aperfeiçoada para nos dar a volta à cabeça. Mesmo assim, com toda a ciência que os dólares canadianos podem comprar, duvido que alguma vez a RIM me consiga convencer que as amoras são mais doces que as maçãs.

O que se segue é uma muito boa tentativa.

Advertisements

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: